Flora
Azinheira (Quercus rotundifolia Lam)
Fagaceae

Encontra-se nas zonas mediterrânicas continentais ou subcontinentais. Em Portugal em grande parte do território, excepto nos climas temperados do norte e centro litorais.

A paisagem alentejana é fortemente marcada pela presença da azinheira, uma árvore com copa aplanada, tronco pouco alto e casca cinzenta. As suas folhas são persistentes, com forma arredondada ou dentada. A azinheira distingue-se do sobreiro pela casca, cor e rugosidade das folhas. Na floração, a azinheira cobre-se do popular “candeio” de Março a Junho, frutificando de Outubro a Dezembro.

O seu fruto, a bolota, fez parte da alimentação dos povos da Península em épocas de escassez de cereal. Como alimento do porco de raça alentejana teve, e ainda tem, importância económica na produção de carnes e enchidos. Os montados de azinho são dos habitats mais ricos do Alentejo. A sua biodiversidade faz com que sejam áreas privilegiadas para a actividade cinegética, sendo também uma importante fonte de rendimento, graças ao seu fruto, à lenha e ao carvão.

Área de Azinheira no Concelho: 18.535,90 há